Diana

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2007

Você já teve um sonho

Você já teve um sonho
Do qual não queria acordar?
Aposto que sim.
Mas você já teve um sonho
O qual não queria ter sonhado?
Não porque era terrível,
ou mal, mas porque
você sabe que só acontece em sonhos?
Hoje eu tive um sonho.
Sonhei estar ao teu lado
Sonhei ser feliz com você.
Sonhei Amar.
Não sei se posso
Já que nem te conheço.
Apenas sei que você existe
E está a minha procura
como estou a sua.
O que faço para te descobrir?
Já tentei de tudo,
mas você não apareceu.
Por que se esconde de mim?
Por que não aparece?
Preciso tanto de você...
... A luz da Lua bate em meu rosto
que está na janela...
É noite.
Passo a pensar em você:
como é, como fala, como me olha...
mas não é real!
É só um devaneio, um sonho acordado.
Mas eu sei!
Que você existe, eu sei!
Uma alma na multidão
Que me compreenda
Que possa me dar carinho
Que possa me entender.
Mas onde está você?
Já procurei em todos os lugares que pude.
Por você, vou até o infinito.
Mas onde está você
para que veja que meu amor por você
é tão infinito quanto o mundo que nos cerca.
Voçê, uma gota de água no oceano
Imenso, azul, até aonde a vista alcança
E eu, um grão de areia
De uma enorme praia sem fim.
Olho para o oceano,
tão distante de mim
e imagino como você é.
Seus olhos, seus cabelos
Seu carinho, seu... Amor.
Mas quando volto à realidade
Vejo a distância nos separando.
Triste imensidão, que sem culpa
Impede a alegria de dois seres
Que se amam sem saber
Sem se conhecer
Sem se ver.
Como faço para conviver com isto?
Sei que um dia te encontrarei, mas quando?
Já esperei muito e tenho pressa em viver...
ao teu lado...
Vejo as estrelas, e nelas
O contorno gracioso do seu rosto.
É difícil identificar, pois nunca a vi.
Mas já sonhei.
Passo a vida a te esperar
Enquanto olho para o céu
E vejo a luz da Lua refletindo em meu rosto.
Ilumina, ó Lua
A minha esperança
Que um dia a encontrarei
e com ela para sempre viverei FELIZ...
Não sei se acredito em meu sonho
Não sei se consigo sonhar novamente
Como sonhei aquela vez,
que sonhei com Você.
Idéias controversas.
Pensamentos desordenados.
Sonhos acordados.
Acho que perdi minha razão
já que nunca a tive.
Já que nunca tive Você...
Pensei em talvez encontrar você
Novamente em sonho.
E esperar que talvez você sonhe comigo
E que finalmente possamos Mesmo que em sonho...
Nos VER!
Agora eu acredito em sonhos
Acredito que consigo ser feliz
Porque sei que também você
Me procura...
E sonha!

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial